A perfeição do imperfeito

“Foram dias que não deixaremos para trás, momentos memoráveis que fizeram o nosso coração transbordar”. Saiba como foi a WTM18 pelas palavras do líder do PARAR, Flavio Tavares

Tem uma grande discussão entre executivos sobre se o feito é ou não melhor que o perfeito. Muitas empresas e profissionais esperam o perfeito e, portanto, só depois de muitos ajustes e lapidações, lançam ao mercado. Há outras que fazem o feito, com vários ajustes a fazer, mas ainda assim também lançam ao mercado.

Olha, depois de 3 dias de WTM18, posso afirmar que, na minha opinião, o feito é melhor que o perfeito. Vou te dar alguns números do evento:
– Mais de 150 palestrantes
– Mais de 4.000 pessoas passaram no evento
– Mais de 100 patrocinadores
– Mais de 120 mil pessoas viram o evento ao vivo em diversos países.

Mas esses dados só mostram que o evento foi um sucesso dentro da visão de sucesso da grande maioria. Eu, particularmente, não acho que nosso evento pode ser medido por números. Se me permite, quero destacar para você 3 fatores que tornam este evento, de fato, um sucesso:

Time

Tanto quem constrói esse evento quanto todo time que trabalha nos dias em que ele acontece, nunca trabalharam com isso na vida. Se você estava lá ou viu pela internet, saiba que cada arte, placa, sinalizações, camisetas, tudo, absolutamente tudo, foi criado por um time que nunca teve como ofício principal a área de eventos. E sem contar que grande parte do time de apoio nunca trabalhou em eventos em suas vidas, mas mesmo assim são voluntários no nosso. Os imperfeitos fazendo perfeito.

Estrutura e Tempo

Montamos esse evento todo em praticamente 9 meses, se tirarmos a Copa e mais o Carnaval, tivemos mesmo uns 7 meses de trabalho. As agências de evento me falavam que era impossível fazer um evento dentro desse prazo, ainda mais em 12.000 metros quadrados. Pegamos os 3 andares do WTC e, mesmo com esse desafio, conseguimos realizar o evento. Me falavam que, para ser perfeito, tínhamos que fazer em 15 meses, então, escolhemos o feito.

Pessoas x Tecnologia

Além de 13 salas de conteúdos, tínhamos uma cidade cenográfica montada em um espaço de 3.000 metros quadrados. Seria natural que tivéssemos desafios tecnológicos e houveram vários. Mas o que fica é a determinação de todo o nosso time que dentro do imperfeito, pode fazer, para você, o perfeito.

Falamos muito no evento que acima de tudo estão as pessoas. Mobilidade é só uma desculpa que encontramos para, na verdade, falar sobre pessoas. E não poderia fazer esse texto sem destacar algumas que foram essenciais para que nosso sonho se tornasse realidade.

Os palestrantes, todos eles, foram tão generosos que chega a me emocionar. Escolheram dedicar parte do seu tempo, ou melhor, da sua vida, para compartilhar insights valiosos em nosso palco. Foi tanto conteúdo de qualidade que tenho certeza que foi um desafio para nossos participantes montarem sua programação. Serei sempre grato a todos, vocês nos ajudaram a tornar a WTM18 ainda mais relevante.

Também não posso deixar de falar dos voluntários, inúmeros. Quero destacar aqui os embaixadores, que foram excepcionais, ajudaram a promover o tema e se engajaram com coração e alma ao nosso evento. Muito obrigado de todo coração.

Foram diversos voluntários em inúmeras frentes, mas quero destacar aqui um em especial, o nome dele é Robson Real, ele trabalha com fotografia em 3D e passou a noite de terça fotografando a Arena do Futuro. Ficou mais de 12 horas renderizando e nos deu esse presente espetacular, um registro para sempre da Arena do Futuro, dá uma olhada aqui no que ele fez. E se quiser saber mais sobre o trabalho incrível que ele realiza, segue o site: https://www.ocdmb.com.br/

Aproveito também para agradecer os filmakers e compartilhar o vídeo que eles produziram durante o evento e que retratou com muita sensibilidade o que vivemos por lá. Está no meu Linkedin, aliás se ainda não nos conectamos por lá, fique à vontade para me adicionar.

Além disso, sabemos que ninguém trilha uma jornada sozinho. Todo nosso time, que construiu o evento, teve um suporte muito especial, que foram suas famílias. Passamos muitas horas trabalhando à noite, almoços, viagens e, por isso, quero agradecer às família do meu time por todo o apoio e por nunca terem deixado faltar combustível nessa caminhada, muito obrigado. E também, um agradecimento especial à minha esposa, que me deu todo suporte, me apoiou, e sempre foi uma das primeiras a me incentivar nos momentos difíceis e a não me deixar desistir dos meus sonhos. Muito obrigado, meu amor, realizar um evento como esse não seria possível sem você.

Por último, gostaria de agradecer a todos que escolheram caminhar essa jornada junto com a gente. Participantes, patrocinadores e parceiros. Colocamos nosso coração neste evento, sonhamos com ele há tanto tempo e em todos os sonhos, você estava lá. Em todos esses momentos conseguíamos tocar seu coração. Mesmo de maneira imperfeita, nos dedicamos em buscar o caminho perfeito até o seu coração para que você pudesse sair desses dias com novos motivos, novas razões para fazer a diferença por onde passar.

O tempo é vida e nós estamos muito felizes em ter te inspirado a buscar mais vida no seu tempo. Foram dias que não deixaremos para trás, momentos memoráveis que fizeram o nosso coração transbordar. Agora, seguimos sonhando e imaginando o nosso próximo encontro. Espero que seu coração esteja cheio de motivos que fizeram ele bater mais forte.

Flavio Tavares