Os últimos resultados da Latin NCAP

Latin NCAP divulgou novos resultados dos seus testes de segurança. Veículo brasileiro se destacou com três e quatro estrelas.

Ana Luiza Morette.

O Programa de Avaliação de Carros Novos para a América Latina e o Caribe (Latin NCAP) surgiu em 2010 como uma iniciativa e tornou-se, em 2014, uma associação, como entidade jurídica. O objetivo do programa é avaliar a segurança dos carros do mercado latino – os testes classificam os modelos de 0 a 5 estrelas em três categorias: segurança para passageiros adultos, para passageiros crianças e a segurança ativa e passiva geral do veículo.

A Latin NCAP não funciona com nenhuma parceria com governos de países ou com montadoras de veículos: o objetivo dos testes realizados por eles é garantir uma avaliação independente e imparcial, tornando-se um incentivo aos governos, fabricantes e consumidores para a maior preocupação com a segurança do carro que estão adquirindo ou apresentando ao público. A Latin NCAP acredita que todos os consumidores têm o direito de comprar um carro que oferece um alto nível de segurança, por isso, garantem laudos explicando as possíveis condições dos passageiros após uma colisão e como o carro protegeria os ocupantes.

Em 2018, entre janeiro e junho, cinco modelos já foram avaliados: Volkswagen Virtus (5 estrelas em ambas categorias), Chevrolet Onix/Prisma (3 estrelas em ambas categorias), Fiat Toro (4 estrelas em ambas as categorias), Mitsubishi Eclipse Cross (5 estrelas na segurança para adultos e 3 para crianças) e Renault Sandero (1 estrela para adultos e 3 para crianças).

Nos novos testes realizados no segundo semestre, a instituição avaliou o coreano Hyundai Accent e o Ford Ka, fabricado no Brasil. Os resultados foram divulgados no último dia 20 de setembro.

O Ford Ka se destacou e alcançou três estrelas para proteção de ocupantes adultos e quatro estrelas para a proteção de ocupantes crianças. O veículo foi avaliado em 2017 e havia ocupado um lugar decepcionante, com zero estrelas em segurança de adultos. No entanto, a Ford se comprometeu a melhorar o impacto lateral do Ka e evoluiu o modelo em 2018. Os modelos do Ford Ka produzidos a partir de junho de 2018 vieram com  um reforço na estrutura, aumentando a proteção contra impactos.